O que é Slow Fashion?

O slow fashion é o processo contrário do fast fashion, digamos que seria a “moda lenta”. Todos os processos dentro de uma marca slow fashion são muito bem pensados e incentivam a ética. O slow fashion está completamente ligado à sustentabilidade e esse conceito vai contra a produção em massa que, em muitas vezes, envolvem questões polêmicas como o trabalho escravo, além de propagar o consumo excessivo.

O planejamento dos processos de uma slow fashion vão desde o modelista para a peça, o fabricante da fibra que será usada, até os procedimentos químicos, impactos que terão no meio ambiente, o tingimento sem uso de produtos tóxicos, a escolha de cartela de cores da coleção de forma que ela não fique extremamente datada e acabe entrando em uma moda rápida, se tornando tendência e uma moda passageira. As peças do slow fashion são feitas para durarem muito mais do que peças de marcas fast fashion, então precisam ser pensadas dessa maneira. Dessa forma, as peças ganham em qualidade, se tornam bens mais duráveis e estão de acordo com a diversidade ecológica, social e cultural.

Acho importante também ressaltar o valor e a história por trás de marcas de slow fashion. Assim como na faculdade em todas as coleções que desenvolvia, tinha que ter um conceito e uma história, as marcas de slow fashion contam suas histórias… seja falando sobre um povo do outro lado do mundo e sua relação com a sustentabilidade ou até como uma crítica a sociedade do consumo.

Hoje em dia, nós compramos pelo simples prazer da compra, seja porque a blusinha está na promoção ou qualquer outro motivo imediatista. Não compramos uma história. Acredito que o Slow Fashion muda esse cenário, trazendo mais significado e vida para as marcas e também para peças de roupa.

Agora que você tem conhecimento sobre o que é uma slow fashion.. qual a sua opinião sobre o assunto? Acredita que vai demorar para a população se adaptar às slow fashions? O que acredita que vai acontecer com as fast fashions? 

O que é Fast Fashion?

Fast Fashion significa moda rápida e barata, produzida em massa de acordo com as últimas tendências. 

O termo surgiu no final dos anos 1990 pela mídia, para exemplificar o que as grandes redes varejistas faziam em termos de velocidade na produção. O fast fashion foi criado na Europa e foi aderido no Brasil em lojas como C&A, Renner, Riachuelo e Marisa

Há um investimento na política de produção rápida, tendo suas coleções trocadas semanalmente ou até diariamente para conseguir entregar as últimas tendências da moda em tempo recorde e com preço acessível. As coleções que antes eram divididas em moda primavera-verão e a outono-inverno não funcionam nesse sistema, visto que na fast fashion são produzidas diversas mini-coleções ao longo do ano. 

Como exemplo, o modo de produção da Fast fashion Zara: Eles colocam um vestido preto e branco com bolinhas pequenas em suas lojas porém, na semana que foi colocado em loja, recebem feedbacks negativos sobre o tamanho das bolinhas ou sobre o corte do vestido. Então, na semana seguinte, colocam em algumas de suas lojas o vestido que o consumidor se identifica mais, ou seja, a fast fashion faz roupas com base no que o consumidor deseja no exato momento. Rapidamente as peças são produzidas e logo, comercializadas. Além disso, os itens são distribuídos de forma fragmentada, dando a sensação de exclusividade. Essa forma fragmentada evita sobras e caso tenha sobras, elas são remanejadas para outro hemisfério. 

No modelo fast fashion, os produtos possuem vida curta, tem estoque enxuto e as empresas não perdem tempo fabricando o que não está sendo comercializado. 

O que não posso deixar de falar nesse ponto são os pontos negativos desse negócio.. Como notícias que saem sobre as péssimas condições de trabalho, o salário que não paga de forma devida, a mão de obra quase que escrava (dentro e fora do Brasil), o tingimento com químicos que poluem o meio ambiente e podem ser tóxicos às pessoas que trabalham com isso… 

Os itens de fast fashion emitem 400x mais carbono do que as peças comuns, a qualidade da roupa que antes era usada 50x, roupas de fast fashion são usadas em média 5x e são descartadas, muitas vezes em aterros e lixões. 

A fibra têxtil mais usada em Fast Fashion é o Poliéster e ele demora cerca de 200 anos para se decompor…O pior é que durante a lavagem de fibras sintéticas, são liberados microplásticos que vão parar no mar. Se você quer se aprofundar sobre isso, não deixe de assistir o documentário no Netflix chamado “The True Cost”. 

Deseja trabalhar com moda ou abrir seu negócio? veja primeiro qual o propósito de sua marca e o que o seu cliente deseja. Se sua loja quer oferecer produtos exclusivos que agregam estilo, identidade, conforto, trazendo materiais mais sustentáveis e ecológicos.. talvez esse não seja o modelo ideal e seja interessante você ler o post “O que é Slow Fashion”.

Caso você goste desse modelo, é interessante estudar marcas como Zara, Forever 21, GAP, H&M e Benetton. Só que além de estudá-los, olhem sempre as notícias que estão nas mídias para entender se é realmente isso o que você deseja. 

Caso você tenha qualquer feedback, pode deixar aqui em baixo, ficarei super feliz em ouvir. Beijos e até o próximo post…

Afinal, o que é moda?

Olá,

Imagino que você tenha lido e assistido o vídeo do post anterior sobre “O porque falar sobre moda e tecnologia“, certo? Se ainda não viu, não esqueça de olhar….

Agora que você já sabe da importância sobre o assunto, vou deixar um vídeo super importante para que você entenda com mais profundidade sobre o que é moda.

Você imaginava essa diferença entre moda e vestimenta? Gostou do assunto e quer saber mais sobre? Escreva aqui sobre o que deseja aprender ou qualquer dúvida que tenha surgido 🙂

Beijos e até o próximo post…

O impacto do coronavírus na moda

De acordo com a jornalista Lilian Pacce, o coronavírus impactou muito a indústria da moda nos últimos dias. Em seu último vídeo, Lilian fala sobre desfiles cancelados, o hype de máscaras que protegem a face desenvolvidas por marcas como a OffWhite, de Virgil Abloh (esgotada no site da Selfridges).

off-white-mascara-mask-selfridges-coronavirus-virgil-abloh

Quais foram as consequências? Como as marcas e estilistas reagiram? Quais desfiles foram cancelados? Assista o vídeo completo:

O que você acha sobre o futuro do mercado da moda dado o que aconteceu e está acontecendo nos últimos dias? Os desfiles presenciais estão com seus dias contados?

Beijos e até o próximo post…

Você já conhece o X-Spect?

aparelho-bosh-tecidos-identificacao-inovacao-moda-tecnologia

Esse aparelho, desenvolvido pela Bosh, é um scanner capaz de detectar informações na superfícies de materiais que não são vistos a olhos nú. Através de um sensor, ele consegue identificar tipos de tecido e comida. Isso facilita milhares de decisões!

aparelho-bosh-tecidos-identificacao-inovacao-moda-tecnologia

Quem nunca escolheu o programa errado na máquina de lavar roupas? O X-Spect, ao identificar o tecido, envia as informações para sua máquina de lavar roupas e evita que ocorra algum erro na escolha do programa. 

aparelho-bosh-tecidos-identificacao-inovacao-moda-tecnologia

Além de só identificar o tipo do tecido, o X-Spect identifica a composição (Sintético ou natural) e também a coloração. Imagina que incrível ter um desses em casa… 

Saiba mais em: https://www.home-connect.com/is/en/connected-household/x-spect

O que achou dessa novidade? Gosta de ver inovações na área da moda? Beijos e até o próximo post…

Moda como forma de comunicação – Vídeo

Oláaa, imagino que você já tenha lido o texto sobre “Moda como forma de comunicação“, certo? Se não leu, não tem problemas. Facilitei a sua vida e fiz um vídeo falando sobre o mesmo assunto!

Caso após ver o vídeo você tenha interesse em ler o texto, basta descer alguns posts aqui no blog e você terá acesso. Vamos ao vídeo?

O que você pensa sobre o assunto? Escreva aqui em baixo! Beijos e até o próximo post…

Porque falar sobre Moda e Tecnologia?

Olá, você percebeu que o blog está de cara nova?!!! Estamos passando pro algumas mudanças aqui e uma delas foi o reposicionamento de “Não se Atreva” para “Fashionfy” mas esse é assunto para um próximo post… No post de hoje, venho trazer um vídeo que lancei no canal do YouTube no final do ano passado sobre “Porque falar sobre Moda e Tecnologia?”. Se você gosta do assunto, tenho certeza que vai adorar o conteúdo!

O que achou do vídeo?

Beijos e até o próximo post…